Carlos Capela, Presidente da Assembleia Geral

Carlos Capela, Presidente da Assembleia Geral

Alves Capela Carlos Alberto, nascido em 6 de Julho de 1958, Presidente da Assembleia Geral, cargo máximo do nosso Clube.

Inauguramos aqui esta página, no nosso sítio, após a tomada de posse dos Órgãos Sociais para o Biénio de 2017/2018, uma maneira diferente de ver os nossos novos dirigentes.

O texto que se segue é na primeira pessoa, uma maneira mais agradável de podermos conhecer as figuras mais mediáticas do nosso Clube.

Juventude

“Nasci em casa dos meus Avós , uma pequena Quinta em Monção, junto ao Rio Minho, Terra de Deu-la-Deu Martins que tem uma lenda , na luta contra os castelhanos. Recordo-me sempre passar férias com os Meus Pais e visitar Tios e Primos no fim do Verão de cada ano. Lembro-me de assistir a desfolhadas, espadeladas, vindimas e bailaricos. Tinha um Tio- Avó que tocava gaita de fole que tinha aprendido na Galiza e quando ele tocava encantava as Mulheres das desfolhadas.

Frequentei a Escola Preparatória Eugênio dos Santos, em Alvalade, A Escola Industrial da Afonso Domingues, em Marvila, e mais tarde o Instituto Superior de Engenharia de Lisboa, em Cabo Ruivo."

Marinha

"Entrei na Marinha em 24 de Junho de 1976, com 17 anos, no curso de Artífice Condutores de Maquinas,que mais tarde passou a chamar-se Maquinista Naval. Lembro-me de fazer a ultima viagem do N.R,P. São Brás de Vila Franca de Xira para a Base, para ser desmantelado no Seixal. Recordo-me de estagiar no N.R.P. Alm. Pereira da Silva, fora da barra, e ter sentido a insustentável leveza do Ser, de vomitar maçãs e andar com a cabeça tonta. Mas nunca senti a vontade de desistir da Marinha, devo confessar que era um sonho meu desde os meus 14 anos, quando atravessava em Cacilheiro, para Almada. 

Estive embarcado no N.R.P. Batista de Andrade, Honório Barreto, Sacadura Cabral por duas vezes a ultima na altura da Guerra do Golfo, e N.E. Sagres. Estagiei na N.R.P. Vasco da Gama. Fiz uma comissão de Cooperação em Moçambique e em Angola.

Em terra para além da antiga D. G. M. N. e DI , passei por 3 vezes na antiga Escola de Máquinas.

A nível familiar sou casado e tenho uma filha com 26 anos e um filho com 22, já plantei uma árvore, falta só escrever um livro (que já começei e estou no primeiro capitulo), falta pouco para atingir a plena felicidade e realização.

Passei á Reserva em Novembro de 2011, tendo ainda trabalhado na Refinaria de Sines a recibos Verdes."

CSA

"Sou sócio do Clube desde 1979, tendo pertencido aos Corpos Sociais do Clube entre 1999 e 2006.

Lembro-me do Clube ainda no Bairro Alto, e quando havia bailes o chão, vergava, mas nunca caiu, ao nosso peso de associados. 

O passado e Presente  do Clube, está no livro " Clube do Sargento da Armada" Uma Hist´ria de Luta e Resistência.

O futuro do Clube, não se consegue ver numa bola de Cristal, no entanto com a renovação de Camaradas mais novos, com princípios e valores de transparência, uma das conquistas também do 25 de Abril , creio que estamos no Bom caminho , depois de os últimos tempos termos passado por Mar muito agitado, resultado, das dificuldades que o País atravessou e ainda vai atravessar."

Mensagem aos sócios

"Queria deixar uma mensagem a todos os Associados e Camaradas. O Clube na Sede e na Delegação, é sempre um local de convívio, Cultural, Desportivo , Recreativo ,Social e Musical.

Marinheiro uma vez, marinheiro para sempre! Temos a consciência que temos que mesclar com a vida Civil, mas é no Clube que encontramos Camaradas, que viajaram pelo o Mundo e sempre com uma estória para contar, mesmo que os casos nunca tenham passado.

Vem ao Clube e traz outro Amigo também"