31-5-2015 - Desafio Audace BTTSor

31-5-2015 - Desafio Audace BTTSor

Encontro marcado para Domingo, 31 de Maio de2015 pelas 05.00. À hora combinada lá estávamos os três para embarcarmos até Ponte Sor. Caminho feito em amena cavaqueira e saudável convívio. Pelo meio passamos pelo autocarro da equipa do Desportivo da Carris, ao qual buzinamos duas vezes em forma de cumprimento. Ao chegarmos ao destino já lá estava o autocarro do Desportivo da Carris!!!!!!! Ainda pensávamos, que como a equipa é grande, que eram dois autocarros. Mas o raio do segundo autocarro nunca mais chegou...ainda hoje estamos para saber, que sacana de atalho eles fizeram que nos passarem á frente????

Bicicletas montadas, equipados a rigor, fotografias da praxe e estamos prontos arrancar. Zé Fernandes e Zé Matos saem ás 08.57. O Tó Gouveia, sai um pouco mais tarde.

Posto de controlo nº1 atingido em pouco mais de uma hora, mais uma foto da praxe e somos apanhados pelo Tó Gouveia. Mais umas fotos e arrancamos para Avis onde estava o posto de controlo dois. Pelo caminho até Avis, tivemos o prazer de ouvir um motivante " filhoooo da escolaaaaaa ",  vindo do pelotão do Núcleo Sportingista da Golegã. Há "escolinhas" em todo o lado e sempre que vêem outro não hesitam em cumprimenta-lo. Mas para isto contribuí o nosso equipamento! Embora e se nos permitem deixar aqui uma sugestão, as letras nas costas deviam de ser maiores para serem ainda mais visíveis. 

Chegados a Avis somos presenteados com um grupo de cantares alentejanos e um farto abastecimento. Carimbo na carta, bem abastecidos e siga viagem! A descer do castelo cortamos á esquerda e aparece-nos um G.N.R., de braços no ar a dizer: 

_Está ali um STOP!!!!!! se ficarem debaixo de um carro como é?   O Zé Matos aproxima-se dele e diz-lhe:

_ Então? Estás bom?

O senhor Cabo da G.N.R. fica surpreendido e depois de pensar um pouco diz:

_ És o Matos???????

_ Sou! Sou! Responde o Matos

O Senhor Cabo da G.N.R. Marques  tinha sido V e esteve com o Matos na D.A.. Claro que depois já todos os ciclistas puderam passar o sinal se STOP sem o raspanete!!!!!!!!!!!!!

Mas de reter atitude de este profissional da G.N.R. que em vez de nos passar a respectiva multa, nos explicou que ali estava o STOP.

Continuamos a pedalar e passamos por uma ponte (ver fotos), que é a réplica á escala da Ponte 25 de Abril. Antes da construção da maior, foi feita uma réplica para testarem o modelo. 

Ponto de controlo nº3 no alto da bonita aldeia Alter Pedroso, a 420 metros de altura. Mais uma vez foi andar de bicicleta para o Alentejo e não uma única planície. Só rectas no sobe e desce constante e já com o famoso calor de alentejano, que às 11.00 o termómetro do ciclocomputador marcava 32 graus.

Continuamos para o ponto de controlo 4 e ultimo posto, que foi atingido com sucesso por Zé Matos e Zé Fernandes, com uma diferença de 10 segundos para o alvo proposto. Tó Gouveia, chegou uma hora e cinquenta e dois minutos antes de nós. Infelizmente a agua gelada de Alter Pedroso, "furou-lhe os pneus" o que levou a falhar o alvo por dois minutos. Nada de grave e a nossa saúde e integridade física primeiro. Por falar nisto, desejamos a cicatrização das feridas do ciclista que caiu nesta prova.

Uma última palavra para o BTTSor que organizou este Audace que se resume a excelente! 

Dos camaradas,

Zé Matos

Zé Fernandes

Tó Gouveia