2-4-2017 - Apresentação do grupo musical Dominó

2-4-2017 - Apresentação do grupo musical Dominó

Almoçávamos no restaurante bem cheio e, já quase a terminar, uma amiga aproxima-se da nossa mesa e diz-nos, não se esqueçam, hoje há festa no salão de festas. Na mesa ninguém sabia, mas ficamos informados e satisfeitos para ir ver essa festa.

E demos em comentar, como é bom termos o CSA, é o nosso espaço de convívio, de festa, de encontro, de debate, sem ele como seria? Onde iriamos conviver, debater os problemas? Onde faria o Jorge a festa de anos do filho, onde fariam os filhos da escola  o seu encontro anual. Onde iriam os camaradas das unidades que fazem anos e querem comemorar a data? Ver o Benfica/Porto não se cabia na Sala.

Sem dúvida, se houver vontade outros espaços se encontrarão, mas no nosso clube tem mais calor e outro sabor. Hoje, dizia o Marques, eu quando aqui entro, do que me lembro é logo de quando vim pra Marinha e esqueço a idade que tenho.  Só na Delegação, passam diariamente largas dezenas de sargentos, familiares e amigos. 

É  nos almoços diários no restaurante, é naqueles dos camaradas das unidades que fazem anos e lá os vão comemorar e mais outros almoços colectivos, É aqui que se juntam diariamente e se distraem dezenas de camaradas da reserva e reforma a jogar ás cartas, às damas,  ao Mah-jong, ao dominó etc. (Quanto poupa o Estado em saúde, nestes camaradas que assim evitam doenças do foro psicológico?) É aqui que o Coro Polifónico, duas vezes por semana ensaia, é aqui que o grupo, Sempre Aprender como mais de uma dezena de participantes tb ensaia É também aqui que diariamente bastantes camaradas vêem ler o jornal e conviver. Sem contar com as participantes da ginástica de manutenção.   

Após tomarmos o café, descemos ao salão e o que vimos? Salão cheio. E o Grupo os Dominó já se preparava para tocar e animar a festa. O grupo os Dominó é um grupo novo, e já começa a participar nas iniciativas do CSA.

Depois da Festa e do baile, foi servido um saboroso lanche. 

O CSA É A OBRA MAIOR DOS SARGENTOS DA ARMADA,  e são eles que a terão de continuar a defender.

UM CLUBE VIVO É UM CLUBE PARTICIPADO

Viva o CSA! 

Manuel Custodio de Jesus

2017-04-02 15.50.54