16º e 17º Biénio 2005/2008 - Francisco da Cruz Martins

16º e 17º Biénio 2005/2008 - Francisco da Cruz Martins

16º BIÉNIO 2005/2006

Mesa da Assembleia Geral:

Carlos Alberto A. Capela, Paulo J. S. Pereira, Fernando José S. Leitão, Leonildo Augusto Almeida e José Pedro Alves Fontes.

Conselho Fiscal:

Carlos M. Alves, Gabriel Andrade Morgado, Francisco António G. S. Tiago, Alberto Mateus da Costa e José António G. Armada.

Direcção:

Francisco da C. Martins, Mário P. Barradas, Fernando M. E. Ferreira, Carlos A. Rodrigues Simões, António E. M. Moreira, Fernando J. Oliveira, José J. Paiva Pinto, José M. R. Lourenço e Albano Silva F. Ginja.

12ª Comissão Administrativa da Delegação:

Coordenador principal – Carlos Augusto Rodrigues Simões, Vice - coordenador - Manuel Dantas Loureiro, Tesoureiro – Ezequiel Palma Gonçalves, Secretário – António Nascimento Pereira

VOGAIS: José M. Duarte Landeiro, Fernando J. C. Gonçalves, António M. Marques de Almeida, Paulo A. N. Carreira Vedor, José de A. Pinto, José Silvério F. de Carvalho, Jorge M. R. Pádua, João Adriano Tairocas Mantas, Mário Rui M. Cavaco, João M. de Oliveira Pereira, Marino Semedo, Alexandre Herculano Pereira Calado, Duarte Costa Rodrigues, Paulo Jorge Ramos Tomaz, António Gonçalves Horta e Carlos Jorge de Carvalho Rocha

17º BIÉNIO 2007/2008

Mesa da Assembleia Geral:

Jeremias C. Geadas Moura, Mário P. Barradas, António Mendes Pedro Gonçalves, Leonildo Augusto Almeida, José Luís Gonçalves Ricardino.

Conselho Fiscal:

Carlos M. Alves, Gabriel A. Morgado, Francisco António, Galanduxo S. Tiago, José Manuel Real Fernandes, Joaquim Filipe Domingues Soares.

Direcção:

Francisco da C. Martins, José J. Paiva Pinto, Fernando J. Oliveira, Carlos A. R. Simões, Albano S. Furtado Ginja, Jorge M. R. Pádua, João F. M. Marques, R. F. S. Cidade Sousa, Gonçalo N. R. de Vilas Boas Potes.

13ª Comissão Administrativa da Delegação:

Coordenador principal – Carlos Augusto Rodrigues Simões, Vice - coordenador - Manuel Dantas Loureiro, Tesoureiro – Ezequiel Palma Gonçalves, Secretário – António Nascimento Pereira

VOGAIS: Alexandre H. Pereira Calado, Paulo J. Ramos Tomaz, Manuel Pereira Gomes Horta, Albino Jorge da Silva, António da Silva Pinho, José Rosa Valentim Pereira, Jacinto Francisco Fino Varela, José Augusto Pereira Matos Mateus, Miguel Pinto Marques, Paulo Jorge Afonso Martins, José Martins Alves da Nóbrega, António Francisco Miguel e Manuel José Lázaro Rita

16.º e 17.º Biénios 2005/2006 e 2007/2008, cujas equipas tiveram como Presidente da Direcção Francisco Martins. Como afirmou o presidente, nesta época começam a fazer-se sentir as dificuldades financeiras, devido, entre outras razões, ao pagamento da prestação da compra da Sede, à admissão de pessoal por dificuldades de cedência do mesmo por parte da Marinha e à política seguida pelos governos, que levou os associados a diminuir a frequência do CSA e, consequentemente, aos restaurantes, começando estes a diminuírem o número de refeições servidas (principalmente na Sede) e, também, a diminuição das receitas nos bares.

Neste seu 1.º mandato é de salientar a realização do 1º Encontro de Coros do CSA, realizado a 6 de Maio de 2005, no Salão de Festas do Clube de Instrução e Recreio do Laranjeiro (CIRL). De igual modo, foi encerrado o processo da compra da viatura; conquistou-se o 1º prémio do troféu Concelho de Almada, pela equipa de atletismo do CSA; realizou-se a noite de Gastronomia, Música e Cultura de Goa; e foi editada a “Revista Mar Chão”, sucedendo-se ao Boletim do CSA. Embora a edição desta revista tivesse sido uma excelente iniciativa, por dificuldades financeiras, apenas foram editadas três números.

No seu 2.º mandato, sentindo-se cada vez mais as dificuldades dos novos tempos, realizou-se a Noite de Gastronomia e Cantares Alentejanos. Esta atividade, tal como a de Gastronomia, Música e Cultura de Goa realizada no mandato anterior, embora sendo novidades, não vingaram, pois as dificuldades sentidas pelos associados não pararam de se agravar.

Finalmente, apesar das dificuldades financeiras já referidas, é feita ainda a pintura geral e beneficiação da Delegação.