Marinhas dos países de língua Portuguesa, elogiam o CSA

Marinhas dos países de língua Portuguesa, elogiam o CSA

A iniciativa do CSA de levar livros para Angola, mais propriamente Lobito, Escola de Especialistas Navais, fez eco nas Marinhas dos países de língua Portuguesa, como podem verificar no seu site.

http://www.marinhasplp.org/PT/historico/Pages/ENTREGADELIVROSNAESCOLADEESPECIALISTASNAVAIS,CEDIDOSPELOCLUBEDOSARGENTODAARMADA.aspx

Deixamos aqui em baixo um excerto dessa peça

“Em 31 de Março de 2016 o Capitão-de-fragata Lopes Pereira, Assessor Técnico Permanente (ATP) na Escola de Especialistas Navais (EEN), no Lobito, acompanhado pelos Assessores Técnicos Temporários (ATT) SAJ MQ Martins Batista e 1SAR E Vicente Calafate, entregou ao Comandante desta Escola, numa cerimónia singela, um conjunto de livros cedidos pelo Clube do Sargento da Armada (CSA).

Esta iniciativa do CSA teve o envolvimento e empenhamento muito ativos do sargento-chefe Amaral Pires, atualmente na situação de reserva e antigo Assessor Técnico Temporário na EEN, no período de 15 de Março a 30 de Setembro de 2013. Este seu envolvimento é bem demonstrativo do bom relacionamento que existiu e dos laços de amizade que perduraram, no seguimento da sua passagem pela EEN, enquanto Assessor.
Os livros foram transportados desde Portugal pelo NRP “Vasco da Gama”, a participar em exercícios na zona do Golfo da Guiné, no âmbito da segurança regional e em presença naval em Angola no quadro da Cooperação Técnico Militar Luso-angolana, e que visitou o porto do Lobito, no período de 29 a 31 de março de 2016.
A Escola de Especialistas Navais forma os oficiais, sargentos e praças do serviço militar obrigatório (SMO) da Marinha de Guerra Angolana. Como escola exerce um papel fundamental na construção do conhecimento, sendo a leitura um outro instrumento indissociável e fundamental nessa construção, proporcionando o desenvolvimento intelectual do individuo, ao modificar, transformar e ampliar a sua visão de mundo, e proporcionando a descoberta da realidade, das ideias e das palavras.
Neste contexto, este conjunto de livros técnicos, romances e históricos, agora cedidos pelo Clube de Sargento da Armada à Escola de Especialistas Navais, são um instrumento valioso colocado à disposição desta Escola, que vai contribuir para a construção do conhecimento dos alunos que por ela vão passando e do processo de ensino e aprendizagem em geral.
É importante realçar e enaltecer esta iniciativa do CSA e deixar um palavra de incentivo para que outras possam vir a ocorrer no futuro.
Nesta cerimónia foi, ainda, entregue ao Comandante da Escola, Capitão-de-mar-e-guerra Abel Manuel “Picada” uma cresta oferecida pelo CSA.”