Exercício naval INSTREX 1-15

Exercício naval INSTREX 1-15

A Marinha efetuou no dia, 23 de março, o exercício naval designado INSTREX 1-15 que decorreu nas zonas de exercícios nacionais existentes junto à costa continental, o qual terminou no dia 27 de março. A Força Naval Portuguesa (FNP) foi composta pelas fragatas Álvares Cabral, como navio-chefe, D. Francisco de Almeida e Vasco da Gama, o reabastecedor de esquadra Bérrio, a corveta Baptista de Andrade, o navio de patrulha oceânico Figueira da Foz e o submarino Tridente em apoio.

O INSTREX é um exercício semestral conduzido pelo Comando Naval tendo como principal objetivo proporcionar treino próprio aos navios e à força naval, no mar, assegurando a prontidão, credibilidade e eficiência da Marinha na condução de operações navais em resposta aos novos cenários de crise resultantes das referências geopolíticas existentes.
A Força Naval Portuguesa comandada pelo capitão-de-mar-e-guerra António Gonçalves Alexandre é uma força operacional com elevada prontidão, a quem são atribuídas unidades navais, de fuzileiros e de mergulhadores, para a execução de operações expedicionárias marítimas ou para integração em forças operacionais conjuntas, constituindo-se como a componente naval da Força de Reação Imediata (FRI), com o fim de garantir opções de resposta militar para a defesa do território nacional e proteção dos interesses nacionais.