Exercício Lusitano 2016 | Componente Naval

Exercício Lusitano 2016 | Componente Naval

Exercício Lusitano
O LUSITANO é um exercício LIVEX (live exercise), que envolve o Estado-Maior General das Forças Armadas (EMGFA), através do Centro de Operações Conjunto (COC), e conta com Forças Navais, Terrestres e Aéreas. O LUSÍADA é um exercício, no âmbito da preparação das Forças Armadas para o cumprimento das missões específicas de apoio à política externa, nomeadamente a proteção e evacuação de cidadãos nacionais em áreas de tensão ou crise.

Este exercício anual desenvolve-se num cenário fictício de evacuação de cidadãos nacionais e, eventualmente, de países amigos ou aliados, com a ativação de unidades pertencentes à Força de Reação Imediata (FRI), operação tipificada, em termos NATO, como Operação de Evacuação de Não-combatentes (NEO). Este tipo de operações, insere-se num plano mais vasto, ao nível nacional, pelo que implica a coordenação estreita entre os Ministérios da Defesa Nacional (MDN), Negócios Estrangeiros (MNE), e Administração Interna (MAI), envolvendo designadamente as estruturas do Conselho Nacional Planeamento Civil de Emergência (CNPCE), Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) e o Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM). Neste tipo de exercícios Lusíada estão normalmente presentes elementos das referidas entidades o que permite a articulação de procedimentos, como seja a montagem de Centros de Coordenação de Evacuados (CCE).
Fonte: EMGFA