Capitulo I

Denominação, Natureza e Fins

Artigo 1º

A Associação formada pelos Sargentos da Armada designar-se-á por "CLUBE DO SARGENTO DA ARMADA" (C.S.A.).

É uma associação cívica de duração ilimitada, dotada de personalidade jurídica e rege-se pelos presentes Estatutos e pelo respectivo Regulamento Geral.

Artigo 2º

O Clube do Sargento da Armada tem por fim promover a formação social, moral e intelectual dos seus associados, criando-lhes para tanto as condições indispensáveis, à sua dignificação.

Artigo 3º

Para a realização dos objectivos do artigo 2º, o C.S.A. promoverá o melhor aproveitamento dos tempos livres dos seus associados e familiares, pelo que procurará manter e desenvolver iniciativas, tais como:

  1. Realização de conferências, palestras e cursos de manifesto interesse social, cultural e deontológico e ainda a criação de uma biblioteca.
  2. Promoção e orientação de visitas de estudo, passeios, excursões e viagens, a fim de patentear publicamente a sua vitalidade e estreitar os laços de amizade entre os seus associados.
  3. Criação e manutenção, sempre que possível de colónias de férias fora da área da sua Sede.
  4. Criação e desenvolvimento de agrupamentos artísticos, realização de sessões de cinema, teatro e divertimentos.
  5. Promoção das festividades tradicionais dos Sargentos e, de um modo geral, de todas as outras que se integrem dentro do bom senso e do âmbito da acção recreativa e social do C.S.A..
  6. Fomento da prática de diversas modalidades desportivas que se julguem convenientes ao desenvolvimento físico dos seus associados e familiares, os quais, em todas as circunstâncias, devem observar os mais elementares princípios do amadorismo.
  7. Editar e manter, sempre que possível, a publicação de uma revista ou de um jornal.

§ único - Para a efectivação e conhecimento destas e outras iniciativas, deve ao C.S.A assistir-lhe o direito de afixar e dar a conhecer os seus objectivos em

todas as unidades da Armada e bem assim nos usuais meios de informação.